06 abril 2018 Sem categoria

A tecnologia constante e seus perigos para o corpo

A tecnologia e a era digital apresentam a humanidade uma infinidade de benefícios. A internet é um direito nosso e os smartphones tornaram-se uma extensão das nossas ações. Mas, os avanços na tecnologia, estão cobrando um certo pedágio no corpo humano. As pessoas têm passado uma quantidade significativa de tempo olhando para baixo, em um ângulo que não ajuda a ergonomia e estica a coluna vertebral. Por isso, muitos organismos estão sendo prejudicados.

Não são apenas os telefones, com suas tecnologias, que causam prejuízos ao nosso organismo. Essa tensão também pode ser causada pelo uso frequente do computador. Essa epidemia faz com que as pessoas sintam dores fortes, o que prova a importância dos benefícios de cadeiras e móveis ergonômicos.

Os perigos de forçar o pescoço e a coluna



Se perceber a posição que fica quando utiliza um dispositivo móvel, vai notar como tal postura pode causar dores de cabeça, nos ombros e pescoço. Essa má postura é conhecida como “pescoço de texto” e, hoje, se tornou uma epidemia generalizada, causando danos permanentes a inúmeras pessoas.

Um estudo publicado em 2014, pela National Library of Medicine, mostrou a mais profunda preocupação com os efeitos causados por essa má postura. O estudo revelou que, quando a cabeça humana, que pesa cerca de 5 quilos em média, se coloca nessa posição, acaba por depositar o dobro da pressão do peso sobre a coluna vertebral a cada vez que inclina para frente. Em suma, quando você está olhando para o seu telefone, você coloca 10 quilos de pressão sobre a sua coluna. Seria o mesmo que colocar três bolas de boliche em seu pescoço durante dias.

Os efeitos a longo prazo são assustadores: ao criar estresse sobre a coluna cervical, o “pescoço de texto”, pode inverter a curvatura da coluna vertebral e levar a um desgaste prematuro. Tal degeneração não só é dolorosa, mas pode levar a imobilidade em casos graves, necessitando até mesmo de cirurgia.

Aniquilando a síndrome de “pescoço de texto” com cadeiras e mesas ergonômicas

Como o estudo propõe, uma boa postura consiste em quando as orelhas estão alinhadas com os ombros, que são puxados para trás e as escápulas estão retraídas. Tal alinhamento pode aliviar o stress sobre a coluna vertebral, o que, por sua vez, reduz a dor.

Estações ergonômicas de trabalho, promovem a boa postura dos funcionários. Cadeiras ergonômicas ajudam a apoiar a curvatura natural da coluna. Enquanto mesas reguláveis permitem ajustes e regulem de altura, alinhando teclado, mouse e monitor às necessidades específicas de cada usuário. Além disso, mesas reguláveis te incentivam a mudar de posição durante o dia, onde a coluna recebe movimento e flexiona quando precisa.

Na Jumaq, trabalhamos com móveis corporativos, que se adaptam às novas formas de trabalho, com ajuda da tecnologia, sem prejudicar a postura do seu colaborador.

Benefícios trazidos pela ergonomia

Estações ergonômicas de trabalho podem parecer um grande investimento para os funcionários. Entretanto, é um investimento benéfico, que faz valer a pena seu custo.

Uma boa postura traz consigo mais benefícios do que apenas alívio e saúde da coluna vertebral; móveis ergonômicos projetados, promovem boa circulação e ajudam as pessoas a respirarem melhor.

Pesquisadores descobriram, recentemente, que a postura correta pode aumentar os níveis de serotonina, o hormônio da felicidade. Essas vantagens podem aumentar a energia e melhorar o humor. A produtividade aumenta, assim como a criatividade e moral no ambiente de trabalho. Em síntese, investir no bem-estar dos seus colaboradores, é também investir no seu negócio.

Quer saber mais sobre os benefícios das estações ergonômicas? Procure um dos nossos profissionais, que estarão prontos para te atender!

 

 

Precisa de ajuda?

Preencha o formulário que entraremos em contato você!

Entre em Contato