27 julho 2018 Dicas

Espaços colaborativos: por que aderir?

Com a ascensão de Startups enormes como Google e Facebook, suas culturas de trabalho passaram a chamar atenção globalmente. E, também, suas estéticas modernas e descontraídas, ou seja, escritórios colaborativos. O pioneiro “Escritório Google“, criou novos formatos a serem seguidos e adaptados em diversas empresas pelo mundo.

A fuga do convencional é a própria tradução de que os negócios evoluem, assim como a visão corporativa. Mas será que todos os espaços e escritórios se adequam a esse molde? Veja alguns pontos a serem levados em conta, antes de partir para um projeto de escritório colaborativo.

Comportamento

Existe uma relação entre a colaboração e a inovação nas instalações do ambiente empresarial. Isso torna os espaços colaborativos ainda mais atrativos para esse tipo de junção, com os resultados e benefícios que ela pode trazer. A partir do momento em que as instalações priorizam o espaço aberto, a união da equipe se dá por si só e fomenta ainda mais a produtividade de cada um. A regra dos três mosqueteiros, um por todos e todos por um, nunca coube tão bem como nos novos modelos de trabalho. A interação entre os setores é potencializada e o lucro da empresa se dá efetivamente ao bem-estar proporcionado aos funcionários. Ou seja, eles passam seus dias em um ambiente convidativo e harmonioso, por isso ficam mais felizes.

É ideal que um espaço possa impulsionar ainda mais a criatividade de cada funcionário. Esse, é o objetivo maior dos novos modelos de escritórios colaborativos. Uma equipe motivada é a tradução de bons resultados e qualidade de trabalho.

Cultura

Uma outra característica bem aparente desse novo modelo de trabalho, é a cultura imposta no mesmo. A rede de apoio e de gestão das pessoas é a marca das empresas de tecnologia e a mensagem é sempre a mesma: o local de trabalho não precisa ser sinônimo de dever maçante e pesado. A ideia de que só o final de semana vale a pena foi abolida a partir do momento em que o bem-estar e a união social dos funcionários de uma empresa é valorizada ao máximo. Além disso, essa nova cultura também propõe uma redução de custos, ao exercer um papel fundamental na produtividade da equipe. Isso faz com que todos saiam ganhando.

Planejamento

Seja qual for o seu planejamento para aderir ao espaço colaborativo, o ponto mais importante a ser levado em consideração é a identidade da sua empresa. Qual é a mensagem que os seus serviços precisam passar? Essa pergunta pode ser respondida a partir do design que você escolhe.

Atualmente, não só agências de comunicação, grandes empresas de tecnologia, ou coworkings incorporam esse modelo. Empresas corporativas têm aderido cada vez mais a espaços que unam sua equipe, modernizem seu espaço e transformem a estética do modelo convencional.

Sejam plataformas de trabalho, espaços de descanço, áreas de descompressão ou até mesmo móveis que traduzam a mensagem que a sua empresa deseja passar. Sempre vale a pena analisar minuciosamente, junto à sua equipe, qual modelo combina mais com a sua empresa. As opções são variadas e podem entrar em qualquer que seja o seu orçamento. Por isso, é sempre bom levar em consideração a ajuda de um profissional! Ele vai analisar suas necessidades e sugerir o projeto que mais se adéqua à sua empresa.

Precisa de ajuda?

Preencha o formulário que entraremos em contato você!

Entre em Contato